Harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos capaz de rejuvenescer e, como o nome diz, trazer mais harmonia para o rosto.

Esse conjunto de tratamentos pode ser realizado por dermatologistas, dentistas ou cirurgiões plásticos, dependendo dos procedimentos escolhidos.

Quer entender mais sobre harmonização facial e os tratamentos que fazem parte dela? Continue lendo!

 

O que é e como é feita a harmonização facial?

Como já falamos acima, a harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos capaz de rejuvenescer e tornar o rosto mais simétrico.

Com o passar dos anos, a produção de colágeno pelo corpo diminui, fazendo com que a pele fique mais flácida e as rugas se formem.

Entretanto, esses não são os únicos motivos para procurar a harmonização facial.

Essa técnica permite esconder imperfeições e acentuar pontos fortes da fisionomia.

 

Quem são os profissionais responsáveis pela harmonização facial?

Existem diversos tipos de tratamentos estéticos que podem ser utilizados na harmonização facial.

O primeiro passo é definir quais tratamentos serão feitos e depois decidir os profissionais responsáveis por cada um deles.

As técnicas injetáveis e alguns tipos de cirurgias ficam sob responsabilidade do dermatologista ou do cirurgião plástico.

Nas harmonizações que precisam de cuidados com os dentes e o maxilar, o dentista pode ser envolvido no tratamento.

 

O resultado da harmonização facial é instantâneo?

Não. Alguns procedimentos envolvidos na harmonização facial demoram algum tempo para atingir seu auge.

No geral, a verdadeira diferença dos tratamentos se vê apenas após 30 dias da realização dos procedimentos.

 

Quais são os procedimentos mais comuns na harmonização facial?

Agora que você já sabe quais profissionais procurar, se estiver pensando em fazer uma harmonização facial, veja alguns tratamentos mais comuns:

 

Aplicação de enzimas

Na harmonização facial, as enzimas servem como uma lipoaspiração para a papada ou "queixo duplo".

O tratamento com enzimas também pode ser utilizado para gordura localizada em geral.

 

Bichectomia

Este é um dos procedimentos mais conhecidos da harmonização facial e, geralmente, é realizado pelo dentista.

A bichectomia consiste na retirada de pequenas quantidades de gordura acumulada nas bochechas.

Apesar de parecer muito complicado, o procedimento necessita apenas de anestesia local.

 

Toxina botulínica

Mais conhecida como "botox", a toxina botulínica está envolvida em diversos tratamentos faciais, e na harmonização facial não poderia ser diferente.

A toxina botulínica auxilia na contração dos músculos faciais e promove uma pele mais lisa e sem rugas ou linhas de expressão.

 

Lifting

O lifting utiliza fios de sustentação para manter a pele mais firme e, em casos mais avançados, ele pode ser utilizado na harmonização facial.

Nos casos mais leves de flacidez facial ou rugas, ele pode ser substituído por outros tratamentos, como o microfocado, que foi criado com o intuito de ser um lifting não cirúrgico.

 

Microagulhamento

O microagulhamento é muito utilizado por quem busca rejuvenescimento.

As microagulhas perfuram o rosto e fazem com que o corpo produza novo colágeno durante a cicatrização.

Além da sua parte na harmonização facial, esse tratamento também é muito bom no combate a estrias e celulites, eliminar manchas da pele, entre outros.

 

Se você quer conhecer outros tratamentos de harmonização facial sem cirurgia, agende sua consultoria gratuita e converse com um de nossos profissionais.