Os óleos vegetais têm feito sucesso porque oferecem diversos benefícios para a saúde e para a beleza.

Você sabia que esses óleos podem transformar até mesmo o aspecto da sua pele?

Para te ajudar a escolher os óleos vegetais certos para o seu tipo de pele e ficar ainda mais bonita, fizemos um texto com algumas indicações.

Continue lendo!

 

O que são os óleos vegetais?

Como o próprio nome sugere, óleos vegetais são retirados de sementes de plantas oleaginosas (raramente são extraídos de outras partes como raízes, galhos ou folhas).

Esse tipo de óleo é rico em vitaminas, ácidos graxos e proteínas.

Cada um dos óleos vegetais tem um benefício diferente e, por isso, também será usado de outras maneiras.

Abaixo você conhecerá alguns tipos e as indicações de uso.

 

Óleos vegetais indicados para a pele

Na pele, os óleos vegetais podem ser usados de três maneiras.

Uma delas é pura e direta, em pequenas quantidades e, de preferência, antes de dormir para ter um melhor aproveitamento dos nutrientes.

A segunda é como primer natural, aplicando poucas gotinhas antes da maquiagem.

E a terceira é misturando ao hidratante, isso aumentará o poder de hidratação e manterá o toque leve e seco.

Agora que você já viu algumas formas de aplicação, veja um tipo de óleo para cada pele:

 

Pele oleosa ou mista

O óleo de Jojoba tem toque ultraleve e seco, além de possuir excelente absorção pela pele e ser tolerado até em peles mais sensíveis.

Por suas propriedades adstringentes e anti-inflamatórias, é um dos óleos vegetais mais indicados para a pele oleosa, ajudando até a equilibrar a produção de sebo.

Outro os óleos vegetais indicados para a pele é o óleo de Rosa Mosqueta, que é muito equilibrado em nutrientes e possui forte efeito antioxidante e reparador.

E, por último, o óleo de Borragem que é rico em Ômega 3 e é um ótimo anti-inflamatório, indicado em casos de irritação, coceira e acne.

 

Pele seca

Os óleos vegetais indicados para pele seca são os mais hidratantes, um dos mais famosos é o óleo de Coco, que também tem propriedades bactericidas, antivirais e antifúngicas.

O óleo de Amêndoas Doces além de rico em Ômega 3 e vitamina E, estimula a síntese de colágeno e tem ação firmadora, regeneradora e protege a pele da desidratação.

Uma boa opção para evitar a perda de água pela pele é o óleo de Abacate, que ainda tem ação antioxidante.

E, por fim, o óleo de Oliva que tem toque acetinado e devolve maciez e maleabilidade à pele.

 

Pele normal

Os melhores óleos vegetais para a pele normal são os que mantêm o equilíbrio saudável das suas funções orgânicas.

Tanto o óleo de Girassol, como o óleo de Semente de Uva, tem toque muito leve e não gorduroso, oferecendo hidratação suficiente para a pele normal.

Se é ação antioxidante que você procura, pode contar com o óleo de Macadâmia e o óleo de Gérmen de Trigo, ambos também ajudam com uma barreira de proteção para a pele.

O óleo de Argan tem toque sedoso e é outro dos óleos vegetais com propriedade reparadora da barreira cutânea e estimuladora da renovação celular.

 

Pele madura

A pele madura possui algumas características específicas como linhas de expressão, flacidez e até ressecamento.

Por isso, ela precisa de alguns óleos vegetais mais completos e, dependendo do caso, a mistura de alguns deles para conseguir o resultado ideal.

Um dos mais indicados é o óleo de Romã, bom antioxidante e anti-inflamatório, além de melhorar a firmeza, elasticidade e renovação celular da pele.

O óleo de Rosa Mosqueta aparece novamente nas peles maduras por ser ótimo no efeito reparador e regenerador, tudo isso aliado ao efeito hidratante e anti-inflamatório.

 

Se você gostou das nossas dicas de óleos vegetais para a pele, siga a ONODERA no Facebook e no Instagram e receba sempre uma novidade para a sua beleza.