Ginástica funcional é um método de atividade física sem aparelhos de academia que serve para fortalecer os músculos, emagrecer ou melhorar o condicionamento físico.

Esse tipo de exercício, além de ajudar a perder peso, proporciona um corpo mais delineado e firme em poucas semanas de treino.

Quer saber o que é, quem pode fazer, qual é a frequência indicada e se dá pra fazer ginástica funcional em casa? Então o texto de hoje é para você – continue lendo!

O que é ginástica funcional?

A ginástica funcional é um método de atividade física baseada em movimentos do cotidiano, como levantar, agachar, puxar ou empurrar.

O objetivo desses exercícios é fortalecer, definir, melhorar a flexibilidade e aumentar a resistência e o equilíbrio corporal para os movimentos do dia a dia.

Uma das diferenças entre a ginástica funcional e os exercícios de academia é a utilização de poucos acessórios para a sua execução.

Essa modalidade de exercício não necessita de aparelhos e, por isso, pode ser feita até mesmo em casa ou ao ar livre.

Mesmo com resultados parecidos, a principal diferença está na estimulação dos músculos e na complexidade. Enquanto os aparelhos de academia fazem estímulos em áreas isoladas, a ginástica funcional age no corpo todo, é mais complexa, dinâmica e descontraída.

Esse exercício também é muito procurado porque pode ser feito de acordo com o tempo e o objetivo de cada praticante.

Quem pode fazer ginástica funcional?

A ginástica funcional deve respeitar os limites individuais dos praticantes. Ppor conta disso, pode ser realizada por qualquer pessoa, independentemente da idade.

Assim como em qualquer atividade física, os idosos recebem uma atenção especial e, geralmente, seus exercícios são adaptados para casos de doenças ortopédicas, como artrite ou artrose.

Mulheres que querem emagrecer durante o período pós-parto também podem recorrer à ginástica funcional.

Quando realizada em academias, as turmas são montadas de acordo com a faixa etária e a compatibilidade física do grupo.

Qual é a frequência dos exercícios?

Para que a ginástica funcional mostre resultado é necessário realizar a atividade pelo menos três vezes por semana, em sessões de 40 minutos a uma hora. Essa recorrência dos exercícios irá variar de acordo com o objetivo de cada um.

A maneira mais saudável de fazer esse planejamento é com o auxílio de um professor ou personal trainer para evitar lesões.

É possível fazer ginástica funcional em casa?

Sim! A ginástica funcional tem vários exercícios que podem ser realizados sem o auxílio de aparelhos, utilizando apenas o peso do corpo.

Se você quiser se exercitar sem sair de casa, pode começar com a ajuda de diversos aplicativos, aulas on-line ou, se possível, procurar um personal trainer.

Dentre os exercícios que podem ser feitos em casa estão os polichinelos, corrida e diferentes tipos de abdominais.

É importante ressaltar que o cuidado e a atenção precisam ser redobrados caso não tenha supervisão para realizar as atividades.

Se você gostou deste artigo, talvez se interesse por estes aqui:

- Dica On: qual é o tipo certo de ioga para você?

- Três exercícios físicos fáceis para fazer em casa

- Quatro tipos de massagens para emagrecer

Se você quer ficar sabendo de outras dicas para cuidar do seu corpo e da sua beleza, siga a gente no Facebook e no Instagram para não perder nada!