A aplicação de enzimas é o tratamento do momento quando o assunto é gordura localizada.

Além dos exercícios físicos e da dieta, esse procedimento é um ótimo auxílio para quem deseja alcançar a boa forma.

Embora seja mais comum no tratamento de gordura localizada, a aplicação de enzimas pode ajudar no emagrecimento geral. A aplicação muda de acordo com a enzima e com o local de aplicação.

Quer entender melhor o funcionamento desse tratamento? Continue lendo que vamos te contar tudo sobre ele!

O que é aplicação de enzimas?

As enzimas são substâncias orgânicas que reagem de maneiras diferentes no organismo e são produzidas pelo próprio corpo. Algumas delas promovem a liberação de gordura pelo tecido adiposo ou apresentam antioxidantes que estimulam a produção de colágeno, por exemplo.

A aplicação de enzimas é um jeito de trazer esses efeitos diretamente para a região que será tratada, por isso se mostra tão eficaz contra a gordura localizada.

Essa técnica também pode ser chamada de mesoterapia (quando aplicada de maneira intradérmica). As aplicações combinam algumas substâncias e são feitas com agulhas bastante finas. Essa mistura de elementos induz a quebra das moléculas de gordura, que serão expelidas naturalmente pelo suor, urina ou fezes. Por isso é tão importante combinar o tratamento com exercícios físicos e uma boa alimentação.

Como funciona a aplicação de enzimas?

A aplicação de enzimas pode ser feita de duas maneiras: uma delas é intramuscular, cujo objetivo é o emagrecimento ou a perda de peso corporal total. A outra é a intradérmica, que é aplicada diretamente na região da gordura localizada.

É importante saber que a aplicação de enzimas só pode ser iniciada após uma análise médica!

Outros benefícios da aplicação de enzimas

Por ser uma combinação de substâncias com efeitos diferentes, a aplicação de enzimas pode ajudar em outros problemas estéticos.

Um exemplo disso é a flacidez, que é um dos sintomas naturais de envelhecimento da pele, causada pela perda de colágeno e elastina. A melange (uma das combinações de substâncias) serve para reparar esse rompimento das fibras elásticas e age fortalecendo a pele. Dessa forma o tratamento ajudaria no rejuvenescimento da pele e também na remoção de celulites e estrias.

Indicações e contraindicações da aplicação de enzimas

O tratamento de aplicação de enzimas é indicado para pessoas com excesso de peso e para quem deseja eliminar a gordura localizada.

Entretanto, além de necessitar de uma autorização médica, existem algumas informações que devem ser levadas em conta:

- O tratamento não elimina a gordura, apenas quebra o tecido adiposo; por isso combine-o com exercícios físicos e uma dieta adequada.

- É possível potencializar os efeitos da aplicação de enzimas com outros tratamentos — como a drenagem linfática, que ajuda a expelir impurezas do corpo.

- A aplicação de enzimas só será ineficaz caso o paciente ignore a eliminação da gordura.

Se você gostou deste artigo, veja esses outros que podem te interessar:

- Criofrequência ou criolipólise: qual é melhor no combate à gordura localizada?

- Drenagem linfática no pós-parto: como voltar à forma depois da gravidez?

- Quatro tipos de massagens para emagrecer

Para conhecer melhor o tratamento com aplicação de enzimas, agende sua avaliação gratuita e fale com um de nossos profissionais!